Estilo

Valentino S/S 17 x Tonya Hawkes 2012

Ditado popular, clichê, senso comum... chame como preferir, a questão é que o termo "Nada se cria, tudo se copia" é verdadeiro para muitos aspectos das nossas vidas, e por que na moda seria diferente? O ponto é que quando usamos essa expressão direcionada à moda, pensamos em inspirações, em bases históricas que servem como arquivo cultural e artístico para a "criação". No entanto, ela se mostrou ir um pouco além desse significado nesses últimos dias.

Na última semana, os nossos olhos, bem como os de todo o mundo fashion, estiveram voltados para a Paris Fashion Week e, prestando atenção nas tendências, acessórios e detalhes, notamos a manifestação de um segundo sentido para a frase, durante o desfile da grande maison Valentino. Tonya Hawkes foi a bola da vez - ou seria melhor dizer 'a copiada da vez'?

kk

Dona de um incrível talento, Tonya, que sonhava ser designer desde os 16 anos, foi diretora criativa da Furla e VP de bolsas, sapatos e acessórios da DKNY, antes de lançar sua própria linha em 2012. É original e espontânea em suas criações e sempre trouxe para a sua marca a jovialidade. As suas bolsas esbanjam alegria e descontração, feitas com materiais inusitados (como metal, chifres e  ossos de animais,  e matérias minerais e cristais semi-preciosos) e trazem a simetria e a geometria de maneira integrada, gerando resultados surpreendentes um  após o outro.

tonya-hawkes-tutti-frutti-clutch

tonya_hawkes-17tonya_hawkes_10

Apesar de ser uma grande artista, Tonya Hawkes ainda é relativamente pequena, se comparada à uma  marca de grande nome, como a Valentino, mas não é por isso que tem que ficar a mercê desse tipo de situação. Ela expressou (e com todo direito) sua chateação, através do Instagram, ao ver uma cópia de suas criações no desfile de Valentino.

Compare você mesmo! É ou não é cópia?

 

nada-se-cria-tudo-se-coccpia-2

Comente esse post!

Deixe seu Comentário

Instagram Sigam o nosso perfil!